Notícias

CABO FRIO NOMEIA AGENTES PARA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA DE DESBUROCRATIZAÇÃO DE EMPRESAS

Geral

CABO FRIO NOMEIA AGENTES PARA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA DE DESBUROCRATIZAÇÃO DE EMPRESAS

Os nomes nomeados foram Alessandro da Veiga Teixeira, Cristiane de Moura Costa de Miranda e Paulo César Pereira Alves. As nomeações, que não terão ônus para a Prefeitura, foram publicadas na quinta-feira (10), no diário oficial do município e já entrou em vigor. Os agentes são indispensáveis para a efetivação do processo de desburocratização que tem como objetivo regulamentar e implementar a Lei Complementar Federal n° 123/2006 – Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, resultado da parceria entre a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). 



Entre as atribuições dos agentes estão: organizar plano de trabalho de acordo com as prioridades da implementação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas no Município; identificar as lideranças locais no setor público-privado e lideranças comunitárias que possam colaborar com o trabalho; montar grupo de trabalho com principais representantes  de instituições públicas e privadas e dar a essa atividade um caráter oficial; viabilizar constantes debates com o grupo de trabalho, lideranças identificadas como prioritárias para a continuidade do trabalho, e diretamente com os empreendedores do município; manter registro organizado de todas as atividades executadas; e auxiliar o poder público municipal no cadastramento e encaminhamento dos empreendedores individuais. 

“Cabo Frio avançou bastante nos últimos três meses ao estreitar relações com o Sebrae e ao ampliar a parceria com a Jucerja para fomentar o desenvolvimento local. Muitas ações foram executadas em pouco tempo e diferentes setores da administração estão envolvidos num processo que tem como objetivo transformar o município num ambiente favorável para empreendedores. E os agentes de desenvolvimento local são vitais para dar celeridade ao que está sendo coletivamente planejado e estruturar as articulações com os segmentos da sociedade – governamentais ou não – que têm o desenvolvimento socioeconômico como uma de suas pautas”, destacou o coordenador-geral de Ciência, Tecnologia e Inovação. 

FECHAR ACESSIBILIDADE
%d blogueiros gostam disto: