Notícias

SECRETARIA DE FAZENDA RECEBE ALUNOS DA UVA PARA PRIMEIRO DIA DE ESTÁGIO

Geral

SECRETARIA DE FAZENDA RECEBE ALUNOS DA UVA PARA PRIMEIRO DIA DE ESTÁGIO

A parceria com a instituição, através da Coordenadoria de Ciência, Tecnologia e Inovação e da Secretaria de Fazenda, tem o objetivo de viabilizar para os alunos o aprendizado de competências próprias da atividade profissional. Eles foram selecionados entre os cursos de Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Administração e Ciências Contábeis pela Universidade.
Segundo o coordenador do Geoprocessamento da Secretaria de Fazenda, Gustavo Caetano, a parceria é fundamental para o município, que possui o cadastro municipal defasado, já que a atualização do sistema é primordial para a arrecadação da cidade.
“O município precisa avançar na arrecadação e como a gente tem dificuldade de contratar, essa é a saída. A parceria com a universidade foi fundamental para conseguir aproveitar a mão de obra, aprimorar o nosso cadastro municipal e, conseqüentemente, a arrecadação para os próximos exercícios”, declarou Gustavo.
Os universitários vão desenvolver diversas funções, como correção da base cadastral para alimentar o sistema do cadastro imobiliário tributário do IPTU; digitalizações e catalogação do material antigo, de 1978, além de alimentar o banco de dados com estas informações. O foco do trabalho é a atualização do banco de dados do IPTU.
“Basicamente nosso foco aqui é o IPTU. Eles vão estar focados na base de arrecadação municipal e o sistema tributário do imposto. A missão principal é arrecadar, mas até chegar à arrecadação eles têm que cadastrar o CPF, a identidade do contribuinte, o imóvel, a atualização da área do imóvel, entre outros itens. Então são várias pendências que temos e com essa soma de força nós vamos conseguir avançar e muito nessa proposta”, finalizou o coordenador.
E para os estagiários a oportunidade de aprendizado é um desafio importante de ser vencido. Paulo Henrique Simões de Amaral, do 9º período de Engenharia Civil, aprovou a parceria da Prefeitura de Cabo Frio com a Universidade Veiga de Almeida.
“Minha expectativa hoje é pegar uma experiência de trabalho e conseguir aprender mais sobre uma área do meu ramo e conseguir contribuir aqui, com o geoprocessamento. Acho que não vai ser difícil, vai ser novo, porque eu já tenho experiência com os programas que vão ser utilizados, então vai ser mais um desafio”, afirmou Paulo. 
FECHAR ACESSIBILIDADE
%d blogueiros gostam disto: